Sindicato dos Trabalhadores do Regime de Direito Administrativo, propõe uma solução para os REDAS demitidos em Simões Filho

Os trezentos professores em contrato Reda (Regime Especial de Direito Administrativo) da Rede Municipal de Ensino de Simões Filho, que foram descomissionados por ato administrativo do executivo municipal fato ocorrido de um “jeito” inusitado, foram informados de forma surpreendente da suspensão dos seus contratos através de um texto inserido no rodapé do ultimo contracheque.

O SINDREDA – Sindicato dos Trabalhadores do Regime de Direito Administrativo, sendo uma entidade de âmbito estadual foi acionado com o objetivo de representar a parte em dialogo com os gestores locais objetivando encontrar meios para solucionar os problemas expostos após o ocorrido.

Professores e diretoria do SINDREDA aguardam inicio do encontro com o secretario de educação de Simões Filho Professor Reginaldo Paiva..

O presidente do SINDREDA Professor Marcelo Nascimento e diretores sindicais reuniram-se com o Secretário Municipal de Educação – Professor Reginaldo Paiva, a diretoria apresentou ao secretario argumentos baseados nas garantias protetoras aos profissionais nesse sistema.

Reginaldo Paiva – Secretário de Educação de Simões Filho.

Após o encontro a diretoria do SINDREDA vislumbrou possibilidades de uma solução “agradável” a todos.

Aguardando resposta ao que foi explanado pela parte ao então secretário de educação que acompanhou de forma solicita todas as reivindicações apresentadas.

O SINDREDA e Comissão dos Professores, optaram por encontrar uma solução negociada, sem a necessidade de  judicialização.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *